Jovens Transformadores – Amanda Soldani

O meu sonho é…Fazer o BEM através da ECONOMIA. Acredito no poder econômico para criar incentivos, causar mudanças sistêmicas e mudar o mundo para melhor.

Meu coração canta quando…Vejo pessoas fazendo a diferença no mundo de cada um. Seja no aspecto familiar, pessoal, social, ambiental ou qual for.

Impactei!

Em 2009 descobri minhas duas paixões: economia e transformação. Comecei a participar do Projeto Tombo – caia na real, e consegui primeiro, mudar a mim mesma, depois a impactar pessoas ao meu redor. Nosso objetivo era impactar as pessoas da faculdade e trazer novos assuntos para discussão e formação (microcrédito, sustentabilidade, economia solidária, entre outros) – e estudamos muitos esses assuntos com profissionais, antes de repassar conteúdo.

Percebi como isso mudava o mundo. E percebi como aquilo me fazia bem, e decidi que queria me sentir bem para o resto da vida…e se era a transformação que me dava aquele sentimento, é ela que iria (e vou) sempre buscar.

Pensando em minhas habilidades e, principalmente, o que gostava, decidi trabalhar com NOVOS modelos de negócio. Não foi fácil. Primeiro trabalhei numa empresa de Teca Certificada, para o primeiro estágio (de férias) ir para o Mato Grosso trabalhar com métricas de impacto e pesquisa de clima, tendo contato diretamente com os trabalhadores, foi realmente sair da zona de conforto. E ver como é possível impactar a vida das pessoas, fazer bem ao meio ambiente, e ter bons resultados como carreira profissional.

Em 2011 surgiu a oportunidade de trabalhar na empresa social do CDI e realmente fazer o que queria: criar novos modelos de negócio. Foi um super aprendizado, e o primeiro passo foi mergulhar nas comunidades que atendíamos e trabalhar com 6.500 empreendedores de baixa renda. Não foi fácil, mas hoje vejo como isso me deu uma nova visão. Também aprendi que muitas vezes temos potencial, mas não vocação – e isso é importante na hora de realizar um projeto.

Certificamos a empresa como Empresa B – uma das primeiras do Brasil – e recentemente tive a oportunidade de liderar a chegada do movimento no país. Empresas B são as melhores empresas para o mundo, que estão redefinindo o conceito de sucesso e tendo impacto socioambiental (core business ou cadeia de produção). Co-construir o movimento com todo um ecossistema – empresas, parceiros, investidores de impacto, grandes compradores, líderes políticos, acadêmicos e líderes de opinião – e alinhar isso diversos stakeholders, foi um lindo desafio.  Foi mais uma forma que achei de fomentar essa nova economia.

Lançamos o Sistema B Brasil na semana de 21/10/2013. Realizamos vários eventos, com Mulheres Empreendedoras, Associados do GIFE, potenciais Empresas B, Investidores de Impacto, e o grande lançamento dia 24 com 250 pessoas e excelentes palestrantes. Pessoas de quatro países diferentes vieram a São Paulo para o lançamento.

Nos intervalos, sempre me envolvo em outras atividades: #euvotodistrital, Choice, co-host de TEDx, Nexus, entre outros. Conheci pessoas incríveis, fiz muitos amigos e companheiros nessa busca de um mundo melhor.

13. Amanda_Entrevista-Jovens_Transformadores2Amanda Soldani – 24 anos

Realizei o sonho de, não apenas conhecer o Muhammad Yunus, mas também fazer um pitch para ele sobre meus projetos. Participei de um jantar com Príncipe Max de Liechtenstein e organizei eventos com grandes nomes, como Guilherme Leal e Oded Grajew. Conheci muitos ídolos e mestres que reforçam minha crença de um mundo melhor.

Tenho minha missão de vida definida e todos os projetos que fiz, foi pensando nisso. E sei que vou trabalhar em outros projetos, sempre buscando o mesmo objetivo.

Acho que nunca terei um “emprego”, na verdade, tenho um estilo de vida. Acredito em fazer as coisas com corpo, alma e coração. Não é um caminho fácil, mas é o caminho que me faz sentir bem.

Me pediram para escrever isso para inspirar e despertar jovens. Se você esta lendo isso buscando inspiração, digo: primeiro a gente tem que encontrar a inspiração dentro de nós.  Espero que você busque a sua e passe a inspirar pessoas que ainda não encontraram.  #BtheChange

Minha frase:

“a vida é a infância de nossa imortalidade” – Goethe

Jhoney Lopes

Podia ser Mestre Jedi, mas é Mestre em Engenharia de Software pela Universidade Federal de Viçosa – UFV, tá na luta como Empreendedor e desenvolve aplicativos em iOS por paixão e profissão. Sim, Worklover! =] Mantra: “De modo suave você pode sacudir o mundo.” – Mahatma Gandhi

Um comentário em “Jovens Transformadores – Amanda Soldani

Comentários estão encerrados.