Não nascemos prontos

Mario Sergio Cortella já me fez refletir algumas coisas. Não em um bate-papo pessoal ainda, mas em suas personificações distribuídas nas livrarias e em alguns sites que disseminam streaming de video; como youtube.

Em um destes livros escreveu: “Nascer sabendo é uma limitação, porque obriga a apenas repetir e, nunca, a criar, inovar, refazer, modificar”. Isso quer dizer que nascer sabendo é uma prisão. Prisão do próprio achar que se sabe algo.

socrates1“Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância” – Sócrates

Como muitos sabem, Sócrates nunca escreveu nada dos seus ensinamentos, Platão seu discípulo que decidiu colocar seus princípios em palavras. Logo, Sócrates em algum momento disse: “só sei que nada sei”. Célebre frase conhecida, e pode ser erroneamente atribuída em um momento de ignorância; errôneo, pela ignorância, porque essa frase não significa a falta de saber, mas saber que não se sabe.

Sócrates sabia que não sabia, ou seja, que o conhecimento nele não reside por completo. Diante disso, vem o absurdo de acreditar que, quanto mais uma pessoa vive, mais velha fica; Para acreditar que quanto mais se vive mais velho fica, deveríamos também acreditar que nascemos prontos e vamos nos gastando…mas isso não acontece com gente, isso acontece com carro, casa, fogão, o chinelo que você já colocou até o clipe. Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não pronta, e vai se fazendo [Não Nascemos Prontos]

Agora que sei que não nasci pronto, e que hoje sou a minha mais nova versão. O que devo construir? Para mim não importa o que faça, se fizer com todo o coração, vale a pena sempre lembrar: a vida é curta demais para ser pequena.

Fonte:

[Não Nascemos Prontos] Coretella, M. S. Não Nascemos Prontos. 15º edição, p. 20, 2013.

Jhoney Lopes

Podia ser Mestre Jedi, mas é Mestre em Engenharia de Software pela Universidade Federal de Viçosa – UFV, tá na luta como Empreendedor e desenvolve aplicativos em iOS por paixão e profissão. Sim, Worklover! =] Mantra: “De modo suave você pode sacudir o mundo.” – Mahatma Gandhi